Pai, eu sou gay

4 Comentários

Mais um posto do MVG.

Tenho passado a admirar muito a fomra de escrever desse cara! O jogo de palavras, e a inteligência, musturada à clareza de pensamento, me encantam em seus textos!

Até fiquei motivado a pensar que poderia escrever sobre a minha relação com meu pai. Mas, acho que preciso elaborar melhor as ideias antes de escrever.

Enquanto isso, fiquem com esse post e o anterior, com a matéria do Mundo Mais.

Feliz dia dos pais a todos: aos que tem pai, e aos que são pais!

Minha Vida Gay

Não é regra mas boa parte dos gays costumam ter maiores dificuldades de relacionamento ou um distanciamento do pai, a figura masculina da família. Por que será que essa ocorrência é mais comum entre os homossexuais?

Os motivos são diversos e, no meu ponto de vista, raras são as vezes que o pai tem uma responsabilidade direta. Acontece que nesses casos, quando filho e pai têm mais distanciamento um do outro, existe uma outra relação que se já se estabeleceu desde o princípio: o tipo de envolvimento entre mãe e filho que – normalmente – se forma muito antes da criança ter uma consciência, assim como acontece com o pai. Em outras palavras, é comum que níveis de complexo de édipo se estabeleçam em algumas relações entre mãe, filho e pai e que, por consequência ou não dessa relação, alguns filhos orientem-se pela homossexualidade.

É importante reforçar: isso não é…

Ver o post original 836 mais palavras

Anúncios

Pai X Gay

Deixe um comentário

Pai X Gay

Mais um link do site: Mundo Mais!

Interessante ver essas experiências! Nos preocupamos com a nossa própria aceitação. Ou a aceitação dos nossos pais. Mas, e a aceitação, caso os gays sejam nossos pais? 

Estranho pensar nisso. E, talvez, seja possível compreender o que passa na cabeça deles, se conseguirmos nos colocar no lugar deles.

Boa reflexão para o dia dos pais!

Frase interessante de Pablo Neruda!

2 Comentários

Oi,

 

Ando meio sumido, mas é que estou mesmo sem ideias para escrever. Mas, hoje, na academia, li no painel de notícias que fica girando por lá uma frase que me fez pensar.

Eu sou super adepto à teoria de que tudo na vida depende de nossas escolhas. Venho de base evangélica, como já citei em outros posts… Portanto, não acredito em “sorte”, em “estar no lugar certo na hora certa”, destino, ou coisas do tipo. Acredito na vontade de Deus e que Ele cuida de todos os seus filhos. Mas, o que nos acontece depende de nossas escolhas. Ele mesmo disse que nos deu o livre arbítrio, ou seja a livre forma de pensar e arbitrar sobre nossas decisões.

E é aí que entra a tal frase, que foi atribuída a Pablo Nerdua, no tal painel: “Você é livre para fazer suas escolhas, mas está eternamente preso às suas consequências.”

Eu não sou de escrever muitos palavrões, mas sou muito desbocado. E quando li essa frase só me veio uma única palavra à cabeça: CA-RA-LHO!

Sim… porque muitas vezes batemos no peito dizendo que somos livres para escolher. Mas, será que realmente pensamos nas consequências das nossas escolhas? 

Pois é… Eu parei para refletir em algumas consequências de atos que cometi… Enfim, espero que reflitam também…

Bem, é isso, galera. Obrigado pela assiduidade de muitos! E pelas mensagens também!

Um abraço…

Entre Nós

Seja bem-vinda(o)! Este é um espaço para debater assuntos relacionados ao universo de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. Heterossexuais bem resolvidos são muito bem-vindos! Participe e vamos construir um mundo com mais amor e respeito a todos!

Minha Vida Gay

Um blog para o gay que é além de gay

Dentro do Armário

o diário de um gay não gay