Olá,

Hoje, estou aqui apenas para agradecer. Vou escrever rápido. Quando eu iniciei o blog, eu o fiz, porque precisava escrever, já que falar sobre ser gay já era tranquilo. O início foi complicado. Eu ficava muito nervoso em tocar no assunto e ficava muito abalado emocionalmente. Hoje, isso já não acontece mais e conversar sobre o assunto é bem tranquilo.

Não faço terapia há muitos anos. Confesso que tenho preguiça. Tive um ótimo terapeuta que me ajudou muito, mas nos tornamos amigos, e, desde então, deixei de ser seu paciente.

Confesso que me sinto bem, e não vejo mais a necessidade de mantê-la. Quando tenho alguma necessidade, converso com um amigo, leio alguma coisa e reflito, sem que precise recorrer a um terapeuta. Não tenho tido questões para um terapeuta. Os psicólogos de presente certamente discordarão da minha opinião, risos!

Mas, sempre quis escrever um livro para contar um pouco da minhas história. O objetivo desse livro seria apenas sensibilizar meus irmãos de igreja quanto ao tema do homossexualismo e a dificuldade de ser gay, para que eles pusessem o Cristianismo mais em prática e se atentassem para a questão com uma visão mais acolhedora e menos preconceituosa.

Mas, escrever um livro demandaria uma assinatura, encontros com editores, lançamento, e, sinceramente, não sou assumido a esse ponto. Prefiro o anonimato mesmo.

Assim, resolvi me atualizar, aderir à tecnologia e escrever um blog. Pesquisei um pouco como se fazia para se garantir o anonimato de quem está por trás do blog e eis-me aqui.

No início eu achava que ninguém iria ler o que eu estava escrevendo, porque não haveria importância para ninguém.

Mas, já recebi tantos comentários positivos de pessoas que se dizem ajudadas pelo que escrevi, que até fico de bola cheia. Mas, na verdade, fico feliz, por estar abrindo um espaço neutro e que está sendo lido e usado por pessoas que se interessam pelo tema.

Quero, portanto, agradecer a todos que já leram o blog, e deixaram seus comentários. Volta e meia eu recebo palavras de ânimo e esperança e isso me deixa feliz em saber que o que escrevo tem alguma utilidade para alguém.

Obrigado por sua visita, e contribuição.

 

Um abraço.

Anúncios