Olá!

Ando muito sumido e longe do blog e, por isso, gostaria de pedir desculpas àqueles que tem seguido os posts.

Criei-o para desabafar. Mas, parece que os primeiros posts cumpriram o objetivo e fiquei sem assunto.

Não sou o cara mais criativo do mundo.Ao longo do desenvolvimento do blog, fiz contato com outros blogueiros que também escrevem sobre o tema e vi o quanto o meu blog é pobre em imagens, cores e criatividade. Fiquei meio inibido, rs!

Mas, recebi alguns comentários tão estimulantes de pessoas falando sobre clareza no texto, outros, elogiando os poucos temas, que fiquei pensando no que um desses blogueiros me disse: ele falou que o que escrevo pode ajudar pessoas. Esse era um pouco do meu intuito também.

Na minha época de adolescente não havia internet. (Olha eu dedurando a velhice, rs! Fazer o que? Já a constatei em outro post!) Enfim, não havia internet e eu me sentia sozinho. A vergonha e a autocrítica me impediam de falar do assunto com qualquer um que fosse. Morria de medo de que descobrissem ao olhar para mim. Me retraí, me excluí e deixei de viver experiências, que estou buscando viver agora.

Não se preocupem que não tenho síndrome de Peter Pan (aquela, em que as pessoas não querem crescer e acham que ainda são crianças ou adolescentes). Digo que estou buscando viver as viagens, sair para onde quero, aproveitar a vida, sair com amigos. Com a diferença que agora não preciso mais pedir autorização e dinheiro aos meus pais.

Fiquei feliz ao ler que as pessoas entendem o que escrevo e me dizem que sou claro em minhas ideias. Paradoxalmente, eu detesto escrever e me considero um mau escritor. Tenho uma amiga que é revisora de textos, que sempre elogia minha escrita (claro que não no blog…. Coisas que ela já leu que eu escrevi, como emails, por exemplo). Mas, amiga não conta, né? Até porque eu acho que ela quer me pegar! Aí conta menos ainda… Amostra totalmente viciada! rs!

Além dos comentários que recebi, olhando as estatísticas do blog, vi quantas visitas já tive desde sua criação e a diversidade de países que clicaram no link. É incrível, um blog que não tem divulgação alguma ter esses números! Eu não associei o blog às redes sociais. Teria que criar perfis fake para associá-lo. Eu não uso rede social nem para mim, quanto mais ter um perfil fake. Não dou conta de acompanhar tantas atualizações das redes sociais. Sou mais lento que minha conexão da internet.

Bem, vou tentar escrever com mais frequência. Buscar mais inspirações.

Outro fator que me fez bloquear um pouco foi o fato de que esse blog tem o objetivo de ser um espaço para desabafo. Mas, como encontrar o tom adequado para não tornar esse blog um muro das lamentações, com posts chatos, monótonos e depressivos?

Como encontrar o limite, para que eu não me exponha, já que é um blog anônimo, de um gay não assumido e expressar o que penso e sinto, sem mencionar muito de mim ou da minha realidade?

Tentarei encontrar esse equilíbrio e postar mais.

E aqueles que quiserem sugerir temas, sintam-se à vontade! Os que quiserem escrever um recadinho, obrigado! E os que simplesmente visitarem, meu muito obrigado!

 

Anúncios